Volvo planeja lançar XC40, mas sofre com falta de plataforma

Tido como um futuro sucesso de vendas e sonhado por dirigentes da Volvo há anos, o crossover XC40, a ser posicionado entre o V40 Cross Country e o XC60, corre o risco de demorar tempo demais para chegar ao mercado. Considerado o anti-Evoque sueco, o modelo sofre com a falta de uma plataforma adequada dentro da marca para que seu projeto seja tocado. Isso porque a base modular SPA (Scaleable Platform Architecture), que estreará na próxima geração do XC90, é grande demais para abrigá-lo.
Volvo planeja lançar XC40, mas sofre com falta de plataforma
De acordo com fontes ligadas à marca, a arquitetura SPA só poderá servir à construção de modelos com dimensões iguais ou maiores que as do S60, o que não é o caso do XC40. Sem uma base adequada em linha, a saída da Volvo é desenvolver uma plataforma a partir do zero (o que é bastante improvável) ou se associar à outra montadora para compartilhar o componente. O problema, porém, é que até lá a marca gastará muito tempo e ficará de fora de um dos segmentos mais rentáveis do mercado.

Seja parte de algo grande