Motores de quatro cilindros ganham espaço nos EUA no 1º semestre

Conhecido por ser o paraíso dos motores V6 e V8, os Estados Unidos estão mudando de gosto e se rendendo cada vez mais ao propulsores de quatro cilindros. De acordo com dados divulgados pela empresa de consultoria JD Power, aproximadamente 55,8% de todos os veículos vendidos no mercado norte-americano no primeiro semestre foram equipados com os blocos do tipo. O número representa um aumento de 1,7% em relação ao mesmo período do ano passado e deve crescer até o fim do ano.
Motores de quatro cilindros ganham espaço nos EUA no 1º semestre
Segundo a JD Power, o fator mais considerado pelos consumidores na hora de optar pelos motores de quatro cilindros é a eficiência. Munidos de tecnologias como injeção direta de combustível e turbo, os propulsores alcançam resultados iguais e até superiores aos de blocos maiores, sendo significativamente mais econômicos e menos poluentes.
Motores de quatro cilindros ganham espaço nos EUA no 1º semestre
A demanda vem crescendo tanto que montadoras tradicionais tiverem que investir em blocos de quatro cilindros mesmo sem ter a menor tradição no segmento. Um bom é exemplo é a Buick, uma das divisões de luxo da GM, que desde 2008 não oferecia um motor do tipo e hoje equipa 50% dos modelos que vende com propulsores de "quatro canecos". Entre as premium, a Audi lidera a oferta desse tipo de motor, seguida da BMW.

Seja parte de algo grande