Hyundai culpa cadeirinha por nota baixa do HB20 no Latin NCAP

Em nota divulgada à imprensa, a Hyundai Motor Brasil comentou o resultado do crash-test realizado pelo órgão Latin NCAP no último dia 19. Na ocasião, o compacto HB20 recebeu três estrelas na proteção para adultos e uma estrela no que diz respeito à segurança de crianças. No comunicado, a empresa afirma que o teste foi realizado com uma cadeirinha sem o sistema de fixação Isofix, método mais moderno e seguro de ancoragem para esse tipo de equipamento e que vem de série em todas as versões do HB20. Com a cadeirinha presa apenas pelo cinto de segurança, os bonecos utilizados no teste tiveram problemas. O que simula uma criança de três anos teve contato com o encosto do banco da frente, enquanto o que representa uma criança de um ano e meio, olhando para trás, foi exposto a altas desacelerações.
Hyundai culpa cadeirinha por nota baixa do HB20 no Latin NCAP
A Hyundai justificou a não utilização de uma cadeira com sistema Isofix devido ao fato de que ainda não há nenhum modelo homologado no Brasil. No comunicado, a empresa afirma que, assim que houver um modelo de cadeirinha Isofix homologada no país, ela enviará o veículo para mais uma avaliação no órgão de segurança. Segurança para adultos "na média" Já sobre a nota dada para a proteção de adultos, a empresa afirmou que o resultado "está na média entre os carros compactos. Itens como proteção de cabeça, pescoço e pés foram muito bem avaliados no HB20, conforme relatório final do Latin NCAP". De fato, o relatório afirma que o carro apresentou boa estabilidade estrutural durante o impacto, porém os bonecos usados para o teste sofreram cargas acima do limite estipulado. Vale citar que, como o teste é feito com o carro ocupado tanto por bonecos "adultos" quanto por "crianças", a má fixação da cadeirinha pode também ter afetado o resultado dos passageiros da dianteira. As três estrelas para proteção de adultos realmente está na média de carros como VW Gol e Fiat Palio. Esperava-se mais do HB20, entretanto, por se tratar de um projeto mais moderno do que o dos seus concorrentes. Para ver todos os resultados dos carros avaliados pelo Latin NCAP, clique aqui. Confira abaixo a íntegra do comunicado: Resultados do teste de colisão do HB20 pelo Latin NCAP Com base nos resultados do teste de colisão do HB20, divulgados recentemente pelo Latin NCAP, a Hyundai Motor Brasil esclarece que o veículo foi testado com um Sistema de Retenção Infantil (SRI), ou cadeira infantil para auto, sem sistema de ancoragem ISOFIX, apesar de o HB20 ser equipado de série com tal tecnologia. O Latin NCAP exige que a cadeira infantil para auto avaliada esteja disponível em pelo menos dois dos três principais mercados na América Latina em que o carro é vendido. O HB20 é comercializado exclusivamente no Brasil, país no qual a cadeira infantil para auto com ISOFIX ainda não foi homologada para venda. A Hyundai conduziu internamente diversos testes de colisão do HB20 com cadeira infantil para auto com ISOFIX e os resultados foram sempre superiores aos apresentados pelo Latin NCAP no que diz respeito à segurança infantil. Assim que a cadeira infantil para auto com ISOFIX for homologada no Brasil, a Hyundai solicitará ao Latin NCAP que o veículo seja testado novamente, a fim de comprovar melhores resultados de segurança. A Hyundai mantém a segurança como sua maior preocupação. Todos os modelos lançados recentemente pela marca obtiveram notas elevadas em testes semelhantes, realizados em todo o mundo. Testes internos, feitos com protótipos produzidos na fábrica da Hyundai em Piracicaba, mostraram um resultado superior aos anunciados pela Latin NCAP para o HB20. A nota de três estrelas para proteção de passageiros adultos está na média entre os carros compactos. Itens como proteção de cabeça, pescoço e pés foram muito bem avaliados no HB20, conforme relatório final do Latin NCAP.

Seja parte de algo grande

Hyundai culpa cadeirinha por nota baixa do HB20 no Latin NCAP

Foto de: Rodrigo Lara