Exclusivo: Ford do Brasil já trabalha no projeto B516, versão de sete lugares da B-Max

Não é de hoje que a Ford deseja ter um carro de sete lugares no Brasil. De início, chegaram a rolar alguns boatos de que a marca preparava uma versão para sete ocupantes do EcoSport, ligeiramente alongada. CARPLACE, porém, revela agora a verdade por trás desse projeto: não se trata de um Eco esticado, e sim de uma versão de sete lugares da minivan B-Max, que se chamará Grand B-Max.
Exclusivo: Ford do Brasil já trabalha no projeto B516, versão de sete lugares da B-Max
Ao que tudo indica, o futuro monovolume (na Europa só existe a versão cinco lugares, como a das fotos) será fabricado em São Bernardo do Campo (SP) nos próximos anos, ao lado do New Fiesta Hatch. Além de compartilharem a mesma plataforma, os modelos possuem componentes em comum, o que facilita a produção conjunta. Os motores ainda são desconhecidos, mas é possível que a minivan venha equipada com o Sigma 1.6 16V de 125 cv em suas versões de entrada e com o novo Duratec 2.0 16V de 170 cv e injeção direta (emprestado do Focus) na topo de linha, com opção do câmbio Powershift de dupla embreagem e seis marchas. A principal rival será a Chevrolet Spin.
Exclusivo: Ford do Brasil já trabalha no projeto B516, versão de sete lugares da B-Max
Desde o início da concepção do modelo, o objetivo era produzir a Grand B-Max em mercados emergentes como Índia, China e, não menos importante, Brasil. Uma das sacadas da B-Max é a ausência de coluna central, além das portas traseiras corrediças - resta saber se serão mantidas na versão longa. Conhecido internamente pelo código B516, o projeto teve um investimento recente de R$ 45 mil apenas em trabalhos técnicos para a avaliação e ajuste de ruídos pela filial brasileira. Isso mostra que a Ford está se empenhando para renovar toda a gama no Brasil, o que deverá acontecer até 2015.

Seja parte de algo grande