Yamaha comemora 40 anos no Brasil

Há exatos 40 anos, no dia 10 de outubro de 1974, a Yamaha Motor do Brasil tornava-se a primeira fábrica de motos instalada por aqui, sendo a RD 50, também conhecida como "cinquentinha", o primeiro modelo produzido. Durante esse tempo, a fabricante japonesa lançou mais de 140 modelos. Depois da Yamaha RD 50, vieram a RD 75, evolução natural da primeira, e a RS 125, montada com peças e acessórios todos fabricados no Brasil. O nome Yamaha vem de seu fundador Torakusu Yamaha, filho de um astrônomo que serviu ao clã Kishu Tokugawa. Em 1887 construiu o seu primeiro órgão musical e, em 1897 criou a Nippon Gakki Co. Ltd. – atual Yamaha Corporation. Já a Yamaha Motor Corporation Ltd., braço da linha de motores da companhia, surgiu apenas 58 anos depois, em 1955, tendo sido criada pelo então presidente da Nippon Gakki, Genichi Kawakami. No Brasil, o primeiro escritório da empresa, na época ainda como importadora, foi fundado em 1970, e era situado região central de São Paulo, à Rua General Osório. Nessa época chegam as primeiras motocicletas de média cilindrada e as famosas 650 quatro tempos. Em 1973 chegam as primeiras motocicletas de média cilindrada da linha XS, posteriormente chamada de TX, com motos de 500cc, 650cc e 750cc. O projeto que previa a construção de uma fábrica localizada em Guarulhos (SP), ao lado da Rodovia Presidente Dutra, já vinha sendo desenvolvido, com a inauguração da primeira fábrica da Yamaha fora do Japão acontecendo no ano seguinte. No mesmo ano da inaurguração da fábrica da Yamaha no Brasil, em 1974, o italiano Giacomo Agostini, considerado um dos maiores pilotos de motocicletas de todos os tempos, foi para a equipe da Yamaha no MotoGP, vencendo o Daytona 200 logo na sua estreia. Foto: Reprodução

Seja parte de algo grande