Renault alcança marca de 3 milhões de motores produzidos no Brasil

A Renault comemora nesta semana a produção de 3 milhões de motores no Brasil. A marca histórica foi simbolizada por uma unidade do motor 1.6 8V que equipa os modelos Logan e Sandero e saiu das linhas de montagem da fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná. Inaugurado em 1999, o completo industrial recebe o nome do campeão de Fórmula 1 Ayrton Senna e tem capacidade instalada de 400 mil unidades por ano.
Renault alcança marca de 3 milhões de motores produzidos no Brasil
Na planta são produzidos os propulsores 1.0, 1.2 e 1.6 de 8V e 16V nas versões a gasolina e bicombustível. No mercado brasileiro os blocos equipam modelos como Logan, Duster, Sandero, Clio e Kangoo, além dos Nissan Livina e March. Em outros países da América do Sul os motores 1.2 e 1.6 16V são usados em algumas versões de Clio e Fluence, respectivamente. Ao todo, cerca de 40% da produção é exportada para países como Argentina e Colômbia, que também contam com fábricas da Renault.

Seja parte de algo grande