Ferrari vai aumentar produção sem prejudicar reputação, diz Marchionne

Principal causa do afastamento de Luca di Montezemolo do comando da Ferrari, o aumento da produção dos modelos da empresa não é visto por Sergio Marchionne, chefão da FCA, como algo maléfico para a companhia. Questionado sobre o assunto durante entrevista concedida no Salão de Paris, o CEO afirmou que o reforço na produção anual dos esportivos não irá "estragar" a imagem de exclusividade da fabricante. "Não podemos limitar as ambições da Ferrari, porque sua base de clientes é uma base em expansão", justificou.
Ferrari vai aumentar produção sem prejudicar reputação, diz Marchionne
De acordo com Marchionne, a aumento de 7.000 para 10.000 unidades produzidas por ano não irá de maneira nenhuma prejudicar a reputação da empresa. A principal queixa parte de proprietários mais fiéis e colecionadores, que temem a diluição da imagem da marca em troca de lucros a curto prazo. O executivo rebate: "a Ferrari está em boas mãos na FCA, jamais iremos estragar o DNA de uma de nossas marcas mais sólidas".

Seja parte de algo grande