Segredo: informes do novo Tiguan e os próximos SUVs da Volkswagen

Os próximos três anos vão marcar um boom de crossovers da Volkswagen mundo afora. Além de lançar os substitutos do Tiguan e do Touareg, a marca alemã vai entrar no segmento dos minis off-road com o Taigun e ainda avançar em versões aventureiras como o Beetle Dune (abaixo).
Segredo: informes do novo Tiguan e os próximos SUVs da Volkswagen
Segundo a publicação inglesa Autoexpress, o próximo Tiguan, a ser lançado ainda este ano como modelo 2015, deve gerar família. A ideia é ter, afora o modelo convencional, uma versão alongada para sete ocupantes (com dois bancos extras no porta-malas) e também um modelo cupê de quatro lugares, nos moldes do rival BMW X4. Desta forma, o Tiguan "normal" ganharia um acerto mais voltado ao conforto e ao uso familiar, enquanto o cupê traria uma calibração mais esportiva. Para todos a base será a mesma: a arquitetura modular MQB, sempre com motores turbo de baixa litragem (1.2 a 2.0) e transmissões DSG de dupla embreagem. Muito da futura linha de SUVs da VW já foi apresentada em forma de conceitos: o T-Roc (azul) dá o caminho para o Tiguan cupê, enquanto o grandalhão Cross Blue (vermelho) indica o substituto do Touareg especialmente para o mercado norte-americano. Já o Tiguan tradicional deverá seguir as linhas do Cross Blue Coupé (abaixo), como mostra a projeção da Autoexpress que abre esta página.
Segredo: informes do novo Tiguan e os próximos SUVs da Volkswagen
Para o mercado brasileiro, ao menos num primeiro momento a maior expectativa é pelo Taigun - sem contar o Cross up!, versão aventureira do hatch que deve chegar em breve. Já o Taigun, apresentado em forma de conceito por duas vezes (sendo a mais recente com estepe na tampa traseira), é cotado para ter sua versão definitiva mostrada no Salão de São Paulo, em outubro. Compartilhando da plataforma do compacto up!, o pequeno crossover fará a estreia do motor 1.0 TSI por aqui, com potência estimada em 110 cv, além de ser equipado com um câmbio manual de seis marchas. A tração será dianteira. Por ser menor que EcoSport e Duster, o Taigun pode surpreender o mercado ao criar um novo sub-segmento no país, o dos mini-SUVs. Desta forma, espera-se que o jipinho tenha preço abaixo dos modelos citados, na faixa dos R$ 50 mil. Outra investida da VW pode ser a nacionalização do novo Tiguan, que seria feito na mesma linha de onde sairão os futuros Golf, Audi A3 e Q3 brasileiros, no Paraná. Informantes ligados à marca dizem que o projeto está em estudos.

Seja parte de algo grande