Fiat-Chrysler faz recall duplo de 750 mil veículos por risco de incêndio

O grupo FCA Fiat-Chrysler anunciou nesta semana a realização de um recall envolvendo aproximadamente 750 mil veículos nos Estados Unidos. De acordo com a empresa, falha em alguns componentes podem comprometer o funcionamento de alguns mecanismos dos veículos e gerar riscos de incêndios. O chamado será realizado em duas fases, com a primeira envolvendo 434.581 veículos e a segunda afetando algo em torno de 313.236 unidades.
Fiat-Chrysler faz recall duplo de 750 mil veículos por risco de incêndio
Na primeira etapa, estão sendo chamados os modelos Chrysler 300, Dodge Charger, Challenger, Durango e Jeep Grand Cherokee fabricados entre 2011 e 2014 com auxílio de direção elétrico, motor V6 3.6 litros e alternador de 160 amp. Nestas unidades, há possibilidade de o alternador parar de funcionar inesperadamente, desligando o veículo. Um acidente relacionado à falha foi registrado, mas sem vítimas.
Fiat-Chrysler faz recall duplo de 750 mil veículos por risco de incêndio
No segundo caso, devem comparecer de volta às lojas 313.236 exemplares do Jeep Wrangler modelo 2011 até 2013 fabricados entre 16 de fevereiro de 2010 e 19 de julho de 2013. De acordo com a marca, uma conexão elétrica desprotegida pode ser corroída pela água e causar curto nos veículos equipados com retrovisores externos com aquecimento, o que pode gerar risco de incêndio.

Seja parte de algo grande