Viper volta a ser produzido após dois meses de paralisação por vendas fracas

A FCA Fiat-Chrysler confirmou nesta semana que retomou a produção do esportivo Viper na fábrica de Detroit. Agora vendido sob a bandeira da Dodge (e não mais pela divisão esportiva SRT), o bólido deixou de ser fabricado em meados de abril devido ao fraco desempenho comercial - na época a marca alegou excesso de exemplares em estoque. A reativação das operações começou no último dia 23 de junho e desde então o modelo sai da fábrica já como linha 2015 ostentando o logotipo da Dodge.
Viper volta a ser produzido após dois meses de paralisação por vendas fracas
A FCA inicialmente planejou vender 2 mil unidades por ano, mas as expectativas não foram correspondidas. De janeiro a junho, por exemplo, apenas 354 unidades foram vendidas nos Estados Unidos e cerca de 70 no Canadá. Entre as principais razões para o fracasso comercial do modelo, a imprensa norte-americana cita a ausência de um câmbio automático, o preço alto (a partir de US$ 102.485) e a concorrência ferrenha com a nova geração do Corvette.

Seja parte de algo grande