Renault aumenta produção do Captur pela segunda vez em menos de um ano

Um dos maiores sucessos comerciais da Renault nos últimos anos, o crossover Captur, tem vendido tanto que o ritmo de fabricação não tem dado conta de atender a demanda. Pela segunda vez em menos de 12 meses, a gigante francesa anuncia que terá de aumentar a produção na fábrica espanhola de Valladolid (única a produzir o modelo até o momento) para diminuir as longas filas de espera. Nos 50 países em que está em oferta, o jipinho já vendeu mais de 150 mil unidades.
Renault aumenta produção do Captur pela segunda vez em menos de um ano
Quando iniciou a montagem do Captur, a Renault programou a produção diária de 350 unidades. Com o aquecimento das vendas, a marca aumentou o ritmo para 710 exemplares/dia e contratou 500 funcionários extras. Agora, com a demanda em plena ascensão, 250 novos trabalhadores foram admitidos e 900 veículos estão saindo da linha de montagem por dia. Houve ampliações ainda na ala de pintura, uma vez que 80% dos modelos vendidos são das versões bi-color com teto em tom distinto da carroceria.

Seja parte de algo grande