Chery ignora crise no setor e cresce 74% no primeiro semestre no Brasil

Em meio às sucessivas quedas, a Chery do Brasil segue na contramão da crise do setor automobilístico. No primeiro semestre deste ano, a marca chinesa pisou fundo no acelerador e cresceu 74% em comparação ao mesmo período de 2013.
Chery ignora crise no setor e cresce 74% no primeiro semestre no Brasil
Dois modelos que serão produzidos no Brasil, o compacto QQ e o hatch Celer, quase empatados, foram os principais responsáveis para a Chery emplacar 4.365 veículos no acumulado deste semestre. No ano passado, foram vendidas apenas 2.504 unidades no mesmo período, número que mostra o crescimento de 74,3% em 2014. Por aqui, a Chery também comercializa o utilitário esportivo Tiggo e o compacto Celer.
Chery ignora crise no setor e cresce 74% no primeiro semestre no Brasil
Com investimento total de US$ 530 milhões, a fábrica da Chery no Brasil já está com mais de 85% das obras concluídas. Instalada na cidade de Jacareí, no interior paulista, a nova planta, que também inclui uma fábrica de motores, terá capacidade de produzir 150 mil unidades anualmente e tem previsão de inauguração no final de agosto.
Chery ignora crise no setor e cresce 74% no primeiro semestre no Brasil

Seja parte de algo grande