Dodge promete retomar produção do Viper em meados de novembro

Depois de enfrentar dificuldades com o baixo volume de vendas, o esportivo Viper finalmente voltará a ser produzido em ritmo normal nos Estados Unidos. Conforme explica a Dodge, que passou a responder novamente pela tutela do modelo, o bólido voltará às linhas de montagem da fábrica de Detroit em meados de novembro. A produção havia sido paralisada meses atrás para regulação dos estoques, mas desde o último mês de setembro o "víbora" finalmente começou a emplacar no mercado.
Dodge promete retomar produção do Viper em meados de novembro
Além da concorrência ferrenha com o Chevrolet Corvette, o Viper enfrentava dificuldades por conta do alto preço. A Dodge percebeu que a política de valores estava equivocada e não demorou para reduzir a tabela. Dessa forma, a versão de entrada passou a custar US$ 84.995 (R$ 211.400), seguida pelo acabamento Time Attack por US$ 100.995 (R$ 251.200) e pelo topo de linha GTS de US$ 107.995 (R$ 268.500). Sob o capô, o motor 8.4 V10 rende 645 cavalos de potência e 82,8 kgfm de torque.

Seja parte de algo grande