Castigo: Honda penaliza executivos com redução salarial após quinto recall do Fit

A Honda anunciou nesta semana uma penalização para parte do corpo executivo da empresa por conta de problemas de qualidade envolvendo o compacto Fit. Conforme explica a agência de notícias Reuters, parte do dirigentes teve seus salários reduzidos em até 20% após o monovolume ter sido convocado para o quinto recall seguido em apenas um ano. A empresa avalia que os consecutivos chamados estão manchando a reputação da companhia e do próprio modelo - só no último chamado 425.825 unidades foram convocadas no Japão.
Castigo: Honda penaliza executivos com redução salarial após quinto recall do Fit
"Causamos inconveniências a muitos consumidores, e estamos profundamente arrependidos", disse o porta-voz da Honda, Akemi Ando, após anunciar o mais recente recall do Fit. A penalização aos executivos acontece ao mesmo tempo em que a empresa enfrenta ações judiciais devido a acidentes envolvendo airbags fornecidos pela empresa Takata. Os componentes estão relacionados a quatro mortes – todas envolvendo veículos Honda – e foram responsáveis pela convocação de milhões de modelos em todo o mundo, incluindo várias marcas.

Seja parte de algo grande

Castigo: Honda penaliza executivos com redução salarial após quinto recall do Fit

Foto de: Dyogo Fagundes