SUVs e crossovers vendem mais que sedãs pela primeira vez na história nos EUA

A paixão dos norte-americanos por utilitários esportivos tem elevado o segmento de SUVs e crossovers a patamares nunca alcançados até então. Conforme apontam dados da consultoria IHS Automotive, a categoria bateu recorde de vendas nos primeiros cinco meses deste ano nos Estados Unidos e conseguiu a façanha de superar pela primeira vez na história os emplacamentos de sedãs. De acordo com os números, os utilitários alcançaram até maio 36,5% de participação no mercado, enquanto os três volumes conseguiram 35,4%.
SUVs e crossovers vendem mais que sedãs pela primeira vez na história nos EUA
"SUVs e crossovers vendem bem porque oferecem a combinação perfeita de vários conceitos reunidos num só carro. Há versatilidade e conforto como em nenhum outro veículo", afirma o analista Tom Libby. Entre os modelos mais vendidos, o Jeep Cherokee, recentemente renovado, se destaca pela participação de 47,2% no segmento de SUVs médios. Além dele, Nissan Rogue, Chevrolet Tahoe e GMC Yukon também vendem bem.
SUVs e crossovers vendem mais que sedãs pela primeira vez na história nos EUA
Para este ano as previsões ainda são pouco conclusivas, mas em 2013 o segmento de sedãs se manteve como o mais popular dos EUA (representou 36,3% do mercado, contra 34,4% dos SUVs e crossovers). Os três volumes, no entanto, não são os únicos a perderem espaço para o jipes. Picapes e hatchbacks, informa o instituto, perderam 0,5% de participação cada.

Seja parte de algo grande