Chevrolet suspende as vendas do Cruze nos EUA sem explicação

De forma inesperada e sem dar maiores explicações, a GM enviou na última sexta (28) uma ordem aos concessionários para suspender as vendas do Chevrolet Cruze equipado com motor 1.4 turbo nos Estados Unidos. Esta versão equipada com o motor 1.4 turbo de 138 cv é a mais vendida por lá, com cerca de 60% do mercado, de acordo com o porta-voz da marca. O Cruze também é vendido com o motor 1.8 a gasolina e um motor diesel 2.0 litros. O que mais preocupa nessa situação, é que a marca se recusou a dar explicações sobre o porquê da decisão. O máximo que se pode dizer é que os modelos afetados são os Chevrolet Cruze fabricados em 2013 e 2014.
Chevrolet suspende as vendas do Cruze nos EUA sem explicação
"Lembrando que a GM está enfrentando uma série de processos judiciais referente a modelos que não foram incluídos no recall relacionado com o defeito nos interruptores de ignição nos modelos mais antigos do Chevrolet Cobalt norte-americano. A última coisa que eles precisavam era de um grande problema com um de seus modelos mais vendidos, neste caso, o Chevrolet Cruze", disse o analista sênior da Kelley Blue Book, Alec Gutierrez. No ano passado, as vendas do modelo subiram 4,4%, chegando a 248.224 veículos, que o torna o 12º mais vendido no mercado dos EUA, de acordo com a Autodata. Até o mês de fevereiro, as vendas do Cruze subiram 19%. "Só posso confirmar que nós determinamos a suspensão das vendas ontem à noite", disse o porta-voz da GM Alan Adler.

Seja parte de algo grande