Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T

Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Após o encontro com o Fiesta Powershift, o "nosso" Onix A/T desta vez foi fazer um passeio em família ao lado do primo Agile Easytronic. Mas, diferente do ocorreu com o Ford, agora a gente não deu opinião: a avaliação do Onix ficou a cargo do proprietário do Agile, o motorista de caminhão e leitor do CARPLACE Eduardo Gomes da Silva.
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Durante a busca pelo carro novo, no fim de 2012, Silva tinha interesse por um carro que desse descanso à perna esquerda, porém, que não comprometesse muito o orçamento, já que a maioria dos carros automáticos ainda é cara. Antigo dono de um Corsa hatch, ele passou por algumas concessionárias até chegar ao Agile Easytronic. Durante o processo de compra alguns vendedores citaram que o Onix, recém-lançado na época, chegaria em versões equipadas com o câmbio automático com seis marchas. Mas a necessidade falou mais alto e o motorista acabou finalizando negócio no Agile, por R$ 45 mil.
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Para saber quais eram as impressões do Eduardo sobre o Onix A/T, levei-o para dar uma volta no carro em trechos urbanos e de estrada. E, já no primeiro contato visual, os elogios vieram à tona: "O design do Onix é um show à parte, o Agile está superado".
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Ao volante do Onix, nosso leitor notou de cara que a suspensão é mais bem acertada e que as trocas de marcha são realizadas de forma mais suave. No Agile as trocas são mais secas, passando toda a sensação da mudança para os ocupantes. Vale lembrar que, enquanto o Onix tem uma transmissão automática de verdade, com conversor de torque, o Agile usa uma caixa automatizada, na qual a embreagem tem acionamento automático. "O câmbio mais moderno do Onix se justifica", avalia Eduardo. Por outro lado, como todos nós do CARPLACE, o leitor percebeu que os comandos dos vidros elétricos ficam muito recuados, sem contar o puxador das portas é de difícil acesso.
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Outra melhora notada pelo motorista foi quanto ao desempenho: "O Onix parece um pouco menor, por isso o motor responde melhor". No campo das sensações, a impressão do leitor tem outras justificativas na prática: apesar de usarem basicamente o mesmo motor 1.4 8V, o Onix vem com uma versão atualizada deste propulsor (chamada de SPE-4), com ganhos na suavidade de funcionamento (graças à redução de atrito) e também um pouco mais de força. São 106 cv e 13,9 kgfm no Onix, contra 102 cv e 13,5 kgfm no Agile, sem contar que o modelo mais novo conta com uma marcha extra (seis contra cinco) que permite um melhor escalonamento das relações - as primeiras podem ser mais curtas e a última, mais longa. Eduardo também curtiu a cabine do Onix, por conta do acabamento interno e também pelo projeto mais moderno em relação ao Agile, com destaque para o painel, bancos e volante. "Também gosto do acabamento do Agile, mas no painel você precisa ficar trocando as informações mais importantes do visor através de um botão localizado na alavanca direita, enquanto que no Onix esses dados estão todos no quadro de instrumentos ao mesmo tempo".
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
No fim, a pergunta fatal: trocaria o Agile EasyTronic pelo Onix A/T? "Gosto do Agile, pois o câmbio Easytronic facilita muito o dirigir no dia-a-dia das grandes cidades e a suspensão Chevrolet é sem comentários, de tão macia. Mas com certeza optaria pelo Onix. Só não o comprei pelo fato de não haver o câmbio automático no momento em que precisei trocar de carro. Os itens fundamentais para minha escolha seriam o Mylink, pela interface com o smartphone, e o câmbio automático de seis marchas. Quem sabe futuramente não troco por um?".
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Na família GM, o Agile era para ser um veículo superior ao Onix. Porém, a plataforma antiquada e o desenho controverso, além do conjunto mecânico inferior, fizeram com que o Onix acabasse sobrepujando o irmão mais velho. Hoje, o Agile LTZ Easytronic 2014 sai por R$ 45.690, com os seguintes itens de série: alarme, direção hidráulica, airbag duplo, freios ABS, ar-condicionado com visor digital, faróis automáticos, piloto automático, rodas de liga e conjunto elétrico.
Garagem CARPLACE #6: dono de Agile Easytronic avalia o Onix A/T
Já o Onix LTZ A/T custa a partir de R$ 47.890 (R$ 2.200 a mais) e conta com alarme, direção hidráulica, airbag duplo, freios ABS, ar-condicionado, rodas de liga, conjunto elétrico e o Mylink. Texto e Fotos: Diogo Dias Interiores Divulgação

Galeria de fotos: Onix x Agile

Seja parte de algo grande