Fiat reduz versões do Punto e pode deixar de produzi-lo na Europa

Preocupada com a fraca performance comercial do Punto, a Fiat estuda encerrar a produção do modelo em breve na Europa. À venda desde 2005 no continente, onde é conhecido como Grande Punto, o modelo é um dos mais velhos da categoria atualmente e sofre para emplacar em mercados estratégicos como Alemanha e França. Entre 2009 e 2012, por exemplo, as vendas caíram 47%, levando a Fiat a enxugar a gama de versões em alguns países.
Fiat reduz versões do Punto e pode deixar de produzi-lo na Europa
Na Espanha, por exemplo, o Punto deixou de ser oferecido com motores MultiAir e blocos a diesel mais potentes. A oferta agora se resume às versões mais baratas equipadas com propulsores 1.2 de 69 cv, 1.4 de 77 cv e 1.3 Multijet de 75 cv. Conforme explica o portal Automotive Business, a estratégia da marca é reduzir a presença do modelo aos poucos e tirá-lo de linha completamente em breve.
Fiat reduz versões do Punto e pode deixar de produzi-lo na Europa
De acordo com fontes ligadas à Fiat, o hatch desenhado por Giorgetto Giugiaro será substituído por um modelo de tamanho equivalente derivado do plataforma do 500, como já vem acontecendo com outros modelos. A produção será concentrada apenas na Polônia e não mais na Itália, como atualmente. O objetivo é reduzir os custos de produção e mão-de-obra, aumentando a margem de lucro.

Seja parte de algo grande