Aliança Renault-Nissan completa 15 anos

A Renault e Nissan comemoram 15 anos de união nesta segunda-feira, 31. Em 1999, a Renault investiu 643 bilhões de ienes (aproximadamente 5 bilhões de euros na época) para ingressar no capital da Nissan, que na ocasião estava à beira da falência. A partir daquele momento, as duas montadoras passaram a figurar como um dos maiores grupos automobilísticos mundiais. O resultado positivo deste casamento pode ser visto pelos números, como por exemplo, o total de 8,3 milhões de automóveis vendidos em 2013, contra 4,8 milhões de unidades registradas em 1999. “Juntas, Renault e Nissan aumentaram significativamente sua presença mundial e geraram economias de escala muito superiores ao que cada uma poderia ter obtido separadamente”, comentou Carlos Ghosn, Presidente do Conselho de Administração e CEO da Aliança Renault-Nissan. “A Renault e a Nissan trilharam uma trajetória única nestes 15 anos, maximizando sinergias e desenvolvendo a marca e a cultura corporativa de cada uma das empresas.”
Aliança Renault-Nissan completa 15 anos
A aliança das duas montadoras formou o quarto maior grupo automobilístico mundial, que além das marcas Renault e Nissan, conta ainda com Renault Samsung, Infiniti, Venucia, Dacia, Datsun e Lada.

Seja parte de algo grande