Fiat Chrysler planeja aumentar capacidade produtiva em 50% até 2018

O grupo Fiat Chrysler, agora chamado de FCA, já definiu a meta de produção que almeja alcançar até 2018. Conforme explica o presidente do conglomerado, Sergio Marchionne, a previsão é aumentar a capacidade produtiva em 50% nos próximos quatro anos e chegar à casa dos 7 ou 8 milhões de veículos vendidos anualmente. A efeito de comparação, todas as marcas que compõem o portfólio da empresa emplacaram durante todo o ano passado algo em torno de 4,4 milhões de unidades.
Fiat Chrysler planeja aumentar capacidade produtiva em 50% até 2018
De acordo com Marchionne, a meta não será fácil de ser alcançada, mas os trabalhos que estão sendo feitos pelas equipes da empresa (e muitas novidades vêm por aí) serão decisivos para ajudar a bater a meta. Entre os inúmeros lançamentos previstos para os próximos anos, o executivo faz questão de destacar a atuação das marcas Alfa Romeo a Maserati, que pela primeira vez irão se aventurar no segmento de SUVs de luxo com foco nos Estados Unidos e na China.
Fiat Chrysler planeja aumentar capacidade produtiva em 50% até 2018
"Hoje, pela primeira vez, temos diferentes perspectivas: não precisamos mais jogar um jogo de sobrevivência... Você pode esperar muito boas notícias no futuro", disse.

Seja parte de algo grande