Toyota deve seguir Ford e Holden e deixar de produzir na Austrália em 2018

A Toyota deve mesmo jogar a última pá de cal sobre a indústria automotiva da Austrália. De acordo com informações da imprensa local, uma decisão tomada pelo Tribunal Federal do país bloqueou os planos de marca de negociar com seus funcionários flexibilidade em relação a bônus e salários. Na prática, a medida torna inviável a continuação das linhas de montagem da empresa no país depois de 2018, quando se encerra o clico do vida do sedã Camry, principal produto da Toyota naquele mercado.
Toyota deve seguir Ford e Holden e deixar de produzir na Austrália em 2018
As montadoras com fábricas na Austrália vêm enfrentando situações críticas nos últimos anos. Devido aos altos custos operacionais (o dobro da Europa e o triplo da Ásia), encolhimento do mercado consumidor e forte concorrência com marcas importadoras, Ford e Holden anunciaram que deixarão de fabricar carros no país a partir de 2016 e 2017, respectivamente. A primeira atuará apenas com modelos importados, enquanto a segunda poderá ser substituída pela Chevrolet.

Seja parte de algo grande