Novo Fit 2015 nacional: motor 1.5, câmbio CVT e preço a partir de R$ 49.900

Com lançamento marcado para o fim do mês, o novo Fit 2015 brasileiro acaba de ser revelado pela Honda. O modelo, que já teve mais de 500 mil unidades fabricadas na planta de Sumaré (SP), chega à terceira geração com novo design, mais espaço, motor 1.5 e traz de volta o câmbio CVT nas versões automáticas. A melhor notícia? O preço inicial de R$ 49.900 será mantido, com leves alterações nas demais versões. O novo Fit 2015 recupera a versão de topo EXL e mantém as demais - DX, LX e EX -, com a diferença de que agora o motor é o 1.5 16V FlexOne desde o modelo básico, e com o acréscimo do sistema de aquecimento do etanol que dispensa o tanquinho de partida auxiliar - o propulsor 1.4 16V deixa de ser oferecido. Os preços oficiais são os seguintes: EXL CVT - R$ 65.900 EX CVT - R$ 62.900 LX CVT - R$ 58.800 LX MT - R$ 54.200 DX CVT - R$ 54.500 DX MT - R$ 49.900 Em termos visuais, o Fit traz a nova linguagem de estilo da Honda que também será aplicada nos próximos lançamentos da marca, como o novo City (no segundo semestre) e o jipinho Vezel, que chega por aqui em 2015 e será uma das estrelas do Salão do Automóvel em outubro. O destaque é o que a marca chama de “Solid Wing Face”, evidenciado por meio da grade frontal integrada aos faróis. Internamente, a Honda diz que o Fit segue com a solução do tanque de combustível central, mas garante que o espaço e o porta-malas foram ampliados. Já o recurso de configuração dos bancos, chamado ULT, agora evoluiu para Ultra-seat, e passa a reclinar totalmente também o banco do motorista e do carona.
Novo Fit 2015 nacional: motor 1.5, câmbio CVT e preço a partir de R$ 49.900
Ainda que mantenha a potência de 116 cv quando abastecido com etanol, o motor 1.5 16V teve o torque ampliado de 14,8 para 15,3 kgfm. Segundo a marca, modificações no propulsor incluíram aumento da taxa de compressão, comando de válvulas redesenhado, além de atrito e peso reduzidos. A intenção era melhorar a força em baixa rotação, para ganhar pontos em dirigibilidade e consumo. Outra atração fica por conta da transmissão automática CVT, que volta a ser oferecida no Fit, agora na geração que a marca chama de "Earth Dreams". A principal diferença é a presença do conversor de torque e de uma elasticidade de giro maior, o que melhora a tração em baixas velocidades e proporciona respostas mais rápidas e menor gasto de combustível. O sistema de direção segue com assistência elétrica. O painel de instrumentos traz conta-giros, velocímetro e computador de bordo, com marcador de combustível, consumo médio e instantâneo (em km/l), temperatura ambiente, autonomia e hodômetros total e parcial. Para as versões EX e EXL, o sistema de áudio 2DIN é composto por rádio AM/FM e uma tela de LCD de 5" que integra o sistema Hands-Free, câmera de ré (EX/EXL), leitor MP3/WMA, entradas auxiliares P2 e porta USB. A versão LX contará com rádio AM/FM 2DIN com entrada USB. O modelo também apresenta para todas as versões cintos de três pontos para todos os ocupantes e pontos de ancoragem para assentos infantis do tipos ISOFIX e LATCH. A linha Fit 2015 oferece três anos de garantia, sem limite de quilometragem. Opções de cores: Azul Netuno Metálico (nova) Vermelho Rally Sólido Preto Cristal Perolizado Cinza Barium Metálico (nova) Cinza Iridium Metálico Prata Global Metálico Branco Taffeta Sólido

Seja parte de algo grande

Novo Fit 2015 nacional: motor 1.5, câmbio CVT e preço a partir de R$ 49.900

Foto de: Daniel Messeder