Garagem CARPLACE #1: Logan 1.0 16V estreia no teste de um mês

O mais novo integrante do Garagem CARPLACE chega em clima de natal: com uma cor super apropriada para a época, Vermelho Vivo, o Logan Authentique 1.0 16V se apresenta para nosso teste de 30 dias. Após testarmos a versão Expression 1.6 num comparativo com o Chevrolet Prisma (veja teste clicando aqui), agora chegou a vez de vermos como anda a configuração "popular" da nova geração do sedã.
Garagem CARPLACE #1: Logan 1.0 16V estreia no teste de um mês
O bom velhinho foi legal com a gente e mandou o carro com todos os opcionais possíveis: ar-condicionado, direção hidráulica e desembaçador traseiro. Assim, dos R$ 28.990 iniciais, pulamos para um modelo de R$ 33.400. Mas, se ninguém vai passar calor com o Logan neste verão, isso não significa que o presente veio completo: vidros com manivelas inclusive na frente e a ausência de trava elétrica exigirão atenção redobrada dos nossos avaliadores para não deixar nenhuma porta ou janela aberta ao estacionar. Me pareceu uma forma de a Renault forçar o comprador a pular para a versão Expression, que começa em R$ 33.390, para ter os desejados vidros e travas elétricas. Além disso, somente esta versão mais cara oferece a central multimídia Media Nav 1.2 como opcional. O nosso carro veio com um CD player da Pioneer com entrada USB, instalado como acessório.
Garagem CARPLACE #1: Logan 1.0 16V estreia no teste de um mês
Como de praxe em nossa avaliação de 30 dias, o primeiro passo é anotar a quilometragem inicial e fazer a inspeção de acabamento. Pois bem, o Logan chegou com 4.121 km no hodômetro e já exibe a primeira falha de montagem. O para-choque dianteiro está soltando na junção com o para-lama esquerdo. Achei que fosse falha de encaixe da primeira vez que vi e voltei a peça para o lugar com a mão, mas depois de andar um pouco a folga voltou a surgir - ao que parece, a presilha interna está quebrada ou desencaixada, o que pode ter sido fruto de montagem descuidada ou algum acidente anterior.
Garagem CARPLACE #1: Logan 1.0 16V estreia no teste de um mês
Internamente, é nítida a evolução em relação ao Logan anterior no painel e volante, com peças bem mais agradáveis aos olhos e tato. O quadro de instrumentos é praticamente o mesmo da versão Expression 1.6, embora sem o computador de bordo. Mas esta versão Authentique não esconde a origem humilde, com lateral de porta cobertas com plástico de aparência barata (risca fácil) e nenhum tecidinho sequer como forração. A vantagem do Renault é que a concorrência direta, formada por Chevrolet Classic e Fiat Siena EL, não chega perto em atualidade de projeto, porte, design e espaço interno.
Garagem CARPLACE #1: Logan 1.0 16V estreia no teste de um mês
Os primeiros dias do Logan foram basicamente de cidade, onde já foi possível notar que o câmbio traz uma relação mais curta que no Clio, para aproveitar melhor os 80 cv e 10,5 kgfm de torque do motor 1.0 16V. Afinal, o sedã é bem maior que o Clio e pesa, sozinho, 1.070 kg. No trânsito urbano, rodando só com o motorista, até que o desempenho não compromete se você não tiver dó de explorar a faixa mais alta do conta-giros - o torque máximo surge a elevadas 4.250 rpm. Mas, se ligarmos o ar-condicionado, aí dá-lhe primeira marcha nas subidas, não tem jeito... Em breve o Logan vai para a pista enfrentar o teste completo e também pegará estrada com a família a bordo, para vermos como ele se comporta.
Garagem CARPLACE #1: Logan 1.0 16V estreia no teste de um mês
Como carro urbano, o Logan agrada pela suspensão macia e robusta nos buracos, além de apresentar pedais leves e um câmbio macio. A direção hidráulica também não dá trabalho, embora seja um pouco lenta. O carro veio abastecido com etanol e, ainda que não tenhamos feito a primeira medição de consumo, as barrinhas digitais do marcador de combustível (bem mais precisas que a da geração anterior) somem lentamente, indicando que o sedã deve beber pouco. Para ajudar, há um indicador de marcha no painel que acende uma luzinha na hora mais apropriada para fazer a troca ao dirigir de forma econômica. Feitas as apresentações, agora é hora de vocês, leitores, se manifestarem: o que querem saber do novo Logan "mil"? Texto e fotos Daniel Messeder

Seja parte de algo grande