Veterano de quase 30 anos, Lada Samara finalmente sai de linha na Rússia

A Lada confirmou nesta semana que finalmente encerrou a produção do velho Samara na Rússia. Nascido em 1984 com a proposta de ser um veículo barato e resistente, o modelo foi responsável por levar o nome da marca aos mercados internacionais e até hoje é considerado um dos mais populares carros russos. As linhas de montagem do veterano foram paralisadas no último dia 24 e caberá ao Granta, já à venda, a missão de preencher a lacuna formada. De acordo com a Lada, a última unidade produzida do Samara foi equipada com um motor 1.6 a gasolina de 81 cv e torque de 13,4 kgfm. Dados de fábrica apontam 160 km/h de velocidade máxima e consumo médio de 13,8 km/l, com o bloco trabalhando sempre associado a um câmbio manual de cinco marchas. A identidade do derradeiro comprador não foi divulgada.

Lada Samara no Brasil

Apesar de ser um sucesso incontestável na Rússia, o Samara não agradou tanto ao público brasileiro. O modelo chegou ao país na década de 1990 com a reabertura das importações, sendo um dos primeiros modelos estrangeiros por aqui. As vendas nos primeiros anos empolgaram, mas com o passar do tempo ficou evidente a falta de preparo da marca no pós-venda e diversos problemas de adaptação do modelo, até mesmo pelo fato de estar configurado para usar gasolina pura e não com a mistura de etanol usada por aqui. Leia mais sobre a história do Lada Samara no Brasil clicando aqui.

Seja parte de algo grande