No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia

No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
Você já pensou em ser mecânico de moto? Sabe como funciona uma oficina do tipo? Pois estivemos no QG da Harley-Davidson para ampliarmos nossos conhecimentos, descobrir como são preparados os técnicos de manutenção da marca e literalmente “metermos a mão na massa” nos procedimentos de revisão periódica. Acompanhe! Inaugurado em 2011, o Centro de Treinamento da HD, localizado na zona sul de São Paulo, atende as concessionárias de toda a América do Sul e nossas forças armadas brasileiras. Disponibiliza 12 vagas por semana (totalizando 492 ao ano) e conta com 21 modelos de motocicletas (todas 2014) como laboratório, além de diversos motores e transmissões.
No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
A metodologia utilizada é padrão da HDU (Harley-Davidson University), fundada em 1917 como escola de serviços. São cinco os programas de treinamento: staff, técnico, técnico avançado, expert e master, sendo os programas divididos em cursos online e presenciais - alunos só passam para o presencial após aprovação no online. Para os cursos presenciais é utilizado o conceito IST (Individual Skills Training), com somente um aluno por estação de trabalho. Para se formar um master, por exemplo, a duração média é de 60 meses! Assim como nas forças armadas, cada técnico tem o seu nível demonstrado no uniforme - o que não é bobagem, pois o índice de reprovação chega a 20%. O principal objetivo da marca é o reparo bem feito na primeira vez. E para conhecermos o "beabá" do assunto, entramos inicialmente numa sala de aula onde nos foi apresentado o seguinte conteúdo:
No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
- O princípio de funcionamento de um motor Ciclo Otto (quatro tempos, ignição por centelha), onde se destaca uma particularidade dos motores HD. Eles trazem duas bielas no mesmo moente do eixo de manivelas (conhecido como bielas garfo e faca), o que deixa o motor mais compacto, com dimensões laterais reduzidas. - O atual sistema de refrigeração líquida do modelo Ultra Limited atua apenas nos cabeçotes do cilindro, reduzindo o calor entre as pernas do piloto. A melhoria foi introduzida pelo recente projeto Rushmore da marca, atenta à demanda dos proprietários. - A utilização dos atuais recursos eletrônicos disponíveis tanto para o funcionamento da motocicleta, aumentando a confiabilidade do sistema elétrico, quanto para o sistema de entretenimento da família Touring (tecnologia HD Lan) com inúmeras vantagens na montagem, ampliação de acessórios e facilidade de uso. Após as informações sobre os procedimentos de manutenção periódica, fomos para a oficina seguindo o mesmo conceito do curso: no caso, um jornalista por estação de trabalho. No local, exercitamos os procedimentos de:
No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
- Inspeção de recebimento e check elétrico. A instrução é estar atento aos detalhes da moto, podendo até realizar serviços extras aos solicitados. - Teste de bateria com impressão dos resultados. Todo proprietário de moto com baixa utilização deve estar atento a isso, e se possível ter recursos adequados em casa (a HD oferece dois modelos de carregadores portáteis como acessórios). - Limpeza do filtro de ar, utilizando ferramentas da marca snap-on, exigidas nas concessionárias inclusive para dar o torque recomendado de aperto.
No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
- Limpeza e ajuste das velas de ignição, ressaltando a utilização de pasta de cobre na rosca da mesma, para facilitar a próxima remoção. Na vela o material é aço e no cabeçote é alumínio, sempre com uma temperatura de trabalho elevada.
No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
- Inspeção e calibragem dos pneus. - Verificação e ajuste da correia de transmissão que, com vida útil de até 100.000 km, pede cuidados preventivos como limpeza e ajustes periódicos. Deve-se usar água e sabão neutro na limpeza e uma ferramenta específica no ajuste, o indicador de tensão, que pode ser adquirido na concessionária. Mas, por nossa observação, ele requer certa habilidade e recursos. Como prevenção para longas viagens pode se adquirir uma correia seccionada e fixada com grampos, denominada de correia de serviço. Numa emergência, evitará transtornos.
No QG da Harley-Davidson: fomos mecânicos por um dia
- Testes e diagnósticos do sistema de arrefecimento. Nesta etapa, apenas observamos o instrutor para a visualização das condições do líquido refrigerante num refratômetro manual, um instrumento óptico que faz medições de líquidos anticongelantes, entre outras. No fim, completamos nosso dia de mecânico Harley-Davidson sem “nível”, mas enriquecidos pelo aprendizado e conhecedores da qualificação necessária para trabalhar na marca. Texto e fotos: Eduardo Silveira

Seja parte de algo grande