Fiat assume controle total sobre a Chrysler - desembolso será de US$ 3,6 bi

A Fiat anunciou nesta semana que chegou a um acordo com o UAW (sindicato que reúne os metalúrgicos automotivos dos Estados Unidos) e o consórcio VEBA para aquisição total das ações do grupo Chrysler. A gigante italiana atualmente detém 58,5% dos papéis do conglomerado americano e já confirmou que irá desembolsar cerca de 3,6 bilhões de dólares (aproximadamente R$ 8,5 bilhões) para adquirir os 41,5% restantes e assumir o controle total sobre a empresa.
Fiat assume controle total sobre a Chrysler - desembolso será de US$ 3,6 bi
De acordo com a Fiat, o pagamento será feito por meio de duas parcelas: US$ 1,7 bilhão no ato da conclusão da operação, previsto para o próximo dia 20, e US$ 1,8 bilhão a ser depositado posteriormente na forma de dividendos obtidos das contas da própria Chrysler. CEO do grupo, Sergio Marchionne comemorou a aquisição "há momentos na vida de uma empresa que definitivamente entrem para a história. Não tenho dúvidas que este foi um deles".

Seja parte de algo grande