Chevrolet Volt deveria ter nascido como picape, diz ex-chefão da GM

Ex-vice-presidente da General Motors, Bob Lutz concedeu entrevista ao portal The Seattle Times nesta semana e revelou detalhes curiosos sobre o projeto do Chevrolet Volt. De acordo com o executivo, se pudesse recomeçar o desenvolvimento do modelo a partir do zero, faria mudanças para guiar a tecnologia de carros híbridos para uma direção completamente diferente. Na visão de Lutz, fazer o Volt no formato de um sedã de porte compacto foi um grande erro.
Chevrolet Volt deveria ter nascido como picape, diz ex-chefão da GM
Para o ex-chefão da GM, aplicar a tecnologia do Volt em um carro compacto e, por isso mesmo já naturalmente econômico, foi um equívoco. "Benefícios mais significativos poderiam ter sido obtidos se o motor elétrico de autonomia estendida fosse aplicado em um veículo menos econômico, como uma picape", disse Lutz. "A indústria automotiva inteira erra quando desenvolve carros elétricos compactos, quando o mais sensato seria implantar a tecnologia nos veículos de grande porte", completou. Embora reconhecendo gastos maiores com baterias, Lutz afirma que seria mais eficiente do ponto de vista ecológico reduzir o consumo de um SUV ou picape, que faz na cidade média de 5 km/l do que aplicar a tecnologia num compacto que com quase nenhum esforço alcança 17 km/l.

Seja parte de algo grande