Recuperação: chefão prevê que Opel voltará a ser lucrativa em 2016

Em entrevista concedida nesta semana à imprensa europeia, Karl-Thomas Neumann, CEO da Opel, revelou detalhes do planejamento estratégico da empresa para os próximos anos e se mostrou bastante esperançoso. De acordo com o executivo, a expectativa é que a marca deixe de operar no vermelho dentro de um futuro breve e passe a gerar lucro por volta de 2016 - aproximadamente 10 anos depois do último resultado financeiro positivo. A renovação da linha é um dos pilares do plano de crescimento.
Recuperação: chefão prevê que Opel voltará a ser lucrativa em 2016
Sem a presença da Chevrolet (que sairá de cena na Europa no mesmo ano de 2016), a Opel estará livre de concorrência interna e encontrará o mercado doméstico um tanto mais recuperado. A linha, que segue um profundo processo de renovação, será composta por modelos mais competitivos, e um investimento de 4 bilhões de euros por parte da General Motors custeará a modernização das fábricas e a ampliação da logística.

Seja parte de algo grande