Mazda inaugura fábrica no México com produção do Mazda3 e cogita volta ao Brasil

Anunciada há aproximadamente dois anos, a primeira fábrica da Mazda no México entrou definitivamente em funcionamento nesta terça-feira (7). De acordo com a marca, uma unidade do sedã Mazda3, que teve como destino os Estados Unidos, foi o primeiro modelo a sair das linhas de montagem. A planta é sediada na cidade de Salamanca, estado de Guanajuato, e tem capacidade para produzir anualmente 230 mil veículos.
Mazda inaugura fábrica no México com produção do Mazda3 e cogita volta ao Brasil
"Com o início da produção em massa  agora temos um sistema capaz de oferecer veículos com a mesma qualidade que os produzidos no Japão, mas em uma escala muito maior, o que é extremamente gratificante", afirmou Keishi Egawa, executivo da marca. Para adequar a fábrica aos mesmos padrões das plantas japonesas, a Mazda diz que enviou ao México cerca de 150 engenheiros especializados em sistemas de montagem e controle de qualidade.
Mazda inaugura fábrica no México com produção do Mazda3 e cogita volta ao Brasil
Além do Mazda3, em versões hatch e sedã, a fábrica de Salamanca será responsável pela montagem do compacto Mazda3 e, a partir de 2015, de um modelo da Toyota produzido através de um contrato firmado entre as duas empresas. A produção abastecerá as Américas Central, do Norte e do Sul, além de alguns países da Europa.
Mazda inaugura fábrica no México com produção do Mazda3 e cogita volta ao Brasil

Mazda no Brasil

A Mazda encerrou suas atividades no Brasil em 1998 e desde 2011 ensaia sua volta ao mercado nacional. Inicialmente a previsão era começar a atuar por aqui em 2013, mas impasses tributários, como o super IPI para importados, adiaram o retorno. A marca chegou a falar, em meados de 2012, na possibilidade de firmar parceria com uma empresa local para abrir uma fábrica em São Paulo, mas desde então os planos estão congelados. Na época, os modelos Mazda2 e Mazda3 eram os mais cotados para ganhar cidadania brasileira.

Seja parte de algo grande