Agora nacional, Lancer será sucedido por sedã com base Renault-Nissan

Anunciada no fim do ano passado, a parceria estratégica firmada entre a Mitsubishi e a Renault-Nissan não deve demorar para render os primeiros frutos. Conforme revela a agência de notícias Automotive News Europe, os passos iniciais da aliança já foram dados e devem resultar no lançamento de um sedã médio para suceder o atual Lancer. O modelo usará uma plataforma franco-japonesa, mas o local exato da produção ainda não foi definido.
Agora nacional, Lancer será sucedido por sedã com base Renault-Nissan
Além do sucessor do Lancer, o acordo prevê o desenvolvimento de um sedã grande baseado na arquitetura do Renault Latitude (conhecido por Samsung SM5 em alguns mercados). O três volumes será vendido especialmente nos Estados Unidos e no Canadá, sucedendo indiretamente o velho Galant. A produção, neste caso, acontecerá em Busan, na Coreia do Sul, com lançamento previsto para os próximos dois ou três anos.
Agora nacional, Lancer será sucedido por sedã com base Renault-Nissan
O Lancer recentemente passou a ser produzido em Catalão, estado de Goiás, como a mais nova aposta da Mitsubishi para o mercado nacional. O modelo, já na linha 2015, é oferecido nas versões 2.0 AWD, 2.0 GT, 2.0 CVT e 2.0 M/T com preços que variam entre R$ 66.490 e R$ 97.490.

Seja parte de algo grande

Agora nacional, Lancer será sucedido por sedã com base Renault-Nissan

Foto de: Dyogo Fagundes