Enfim, Volkswagen Bora sai de linha na Argentina

Prestes a deixar de ser produzido no México, onde a paralisação das linhas de montagem foi confirmada para dezembro, o Volkswagen Bora também sai de linha na Argentina. Presente no país desde 2000 e baseado na plataforma da quarta geração do Golf, o sedã é um dos mais longevos veículos do mercado vizinho. O modelo era vendido nas versões 2.0 Trendline e 1.8 Turbo Highline, com preços de 192.410 pesos e 241.860 pesos, respectivamente (R$ 57.900 e R$ 72.700, nesta ordem).
Enfim, Volkswagen Bora sai de linha na Argentina
À venda no país desde o ano 2000, o Bora alcançou razoável sucesso no mercado e nos últimos anos de comercialização tinha como destaque a versão 1.8 Turbo de 180 cavalos. Era considerado uma das melhores relações preço-potência disponíveis, inclusive dispondo de câmbio manual.
Enfim, Volkswagen Bora sai de linha na Argentina
De acordo com o Argentina Auto Blog, o sucessor direto deve ser uma versão mais barata do Jetta, embora a Volkswagen argentina não confirme a informação.

Seja parte de algo grande