Salão de Pequim: Citroën C-XR, irmão do 2008, seria boa opção para o Brasil

A Citroën mostra em Pequim um conceito que cairia como uma luva no mercado brasileiro: trata-se do C-XR, crossover compacto derivado da plataforma do Peugeot 2008 que começa a ser fabricado em Porto Real (RJ) no fim de 2014. Para a filial nacional, seria uma opção com desenho mais "SUV" que o Aircross, nada mais que um C3 Picasso com roupagem aventureira.
Salão de Pequim: Citroën C-XR, irmão do 2008, seria boa opção para o Brasil
Medindo 4,26 m de comprimento e com 2,65 m de entreeixos, o C-XR foi desenvolvido em parceria com a chinesa DongFeng, o que limitaria sua oferta somente ao mercado local. Mas a comunização de componentes com o 2008 e o uso do motor 1.6 THP com câmbio automático de seis marchas (powertrain cotado para o 2008 nacional topo de linha) o torna muito interessante para a Citroën do Brasil.
Salão de Pequim: Citroën C-XR, irmão do 2008, seria boa opção para o Brasil
Vestindo rodas aro 17" e com dupla saída de escape, o C-XR tem no design esportivo uma de suas armas. A dianteira é tipicamente Citroën, com a grade interligada aos faróis. Já a traseira com lanternas horizontais bem elevadas dá um toque de jipão alemão ao crossover franco-chinês.
Salão de Pequim: Citroën C-XR, irmão do 2008, seria boa opção para o Brasil
Resta agora esperar pela versão de produção para ver se a Citroën resolverá ofertá-lo em outros mercados.

Seja parte de algo grande