Volkswagen: vendas fracas no Brasil têm impacto negativo nos números globais

O fraco desempenho do mercado automotivo brasileiro na comparação com períodos anteriores tem afetado diretamente as cifras globais da Volkswagen. De acordo com a marca, o número geral de emplacamentos caiu 0,4% em outubro, para 517,4 mil veículos, puxado por baixas nas Américas e na Rússia. Na América do Sul, onde o Brasil sozinho tem representação de 80%, as vendas diminuíram 18,5% na comparação com o mesmo período janeiro-outubro de 2013 (547,7 mil ante 672,4 mil).
Volkswagen: vendas fracas no Brasil têm impacto negativo nos números globais
Em números diretos, a Volkswagen vendeu 443,2 mil unidades no Brasil nos primeiros 10 meses do ano, o que representa recuo de 13,7% em relação aos 514,7 mil emplacamentos de igual período de 2013. Na Rússia, país que está em guerra, a queda foi ainda maior: -20% e 103,1 mil unidades vendidas. Na Europa Oriental a diminuição foi de 9%, seguida por -12,2% nos Estados Unidos.
Volkswagen: vendas fracas no Brasil têm impacto negativo nos números globais
Apesar destas baixas, a Volkswagen comemora aumentos na China (+13,8%) e na Alemanha (+4,2). Na contabilidade geral, apesar das quedas pontuais, o aumento foi de 2,6%, com recorde de 5,08 milhões de carros vendidos. A meta é emplacar globalmente 6 milhões de unidades neste ano.

Seja parte de algo grande