Próxima geração do Golf terá aerodinâmica do XL1 e inédito turbo elétrico

Apesar da sétima geração do Golf estar há pouco tempo no mercado, a oitava linhagem do tradicional hatchback já começou a ser desenvolvida pela Volkswagen. Conforme relata a revista inglesa Autocar, os trabalhos de pesquisa e design estão sendo tocados a todo vapor e devem ficar prontos antes mesmo do previsto - o lançamento deve acontecer em 2018, um ano antes do programado. O objetivo da marca é manter o Golf na posição de referência da categoria, trazendo novidades antes que os principais rivais o ameacem.
Próxima geração do Golf terá aerodinâmica do XL1 e inédito turbo elétrico
Conforme descreve a publicação britânica, a passagem de uma geração para a outra será bastante significativa, trazendo mudanças tanto do ponto de vista visual quanto do tecnológico. Uma das grandes preocupações diz respeito ao peso final, que deve ficar inferior aos 1.100 quilos. Para tanto, será ampliado o uso de aço de alta resistência e de plásticos mais leves - cogita-se ainda uma possível redução no comprimento final. O sistema aerodinâmico será semelhante ao empregado no XL1 e renderá fortes implicações no design.
Próxima geração do Golf terá aerodinâmica do XL1 e inédito turbo elétrico
Além disso, são esperadas diversas tecnologias inovadoras. A primeira delas será um sistema de volante de inércia, já testado até mesmo por outras marcas como a Volvo. Trata-se de um dispositivo capaz de elevar a potência e, simultaneamente, otimizar a eficiência energética. A segunda é uma espécie de "super-evolução" do Star/Stop, com desligamento do motor em declives, frenagens longas e até mesmo alteração automática da posição do câmbio para "neutro". Por fim, cogita-se a adoção de um turbocompressor elétrico, capaz de oferecer máximo rendimento em baixas rotações.

Seja parte de algo grande