Garagem CARPLACE #1: novo Ford Ka já está entre nós

O Honda Fit ainda nem encerrou sua participação no Garagem (faltam dois posts) e o novo Ford Ka já se apresenta para nossa avaliação de 30 dias. A pressa faz sentido: principal lançamento da Ford para o Brasil no ano, o modelo promete mexer com a categoria dos 1.0 ao trazer motor três cilindros, amplo espaço e controle de estabilidade - pela primeira vez na categoria. A nova geração do Ka será testada em duas etapas: primeiro, o hatch SEL 1.0 prata que você confere nas fotos; depois será a vez do Ka+ (sedã) 1.5 também na configuração SEL. O carro que já está com a gente chegou com 8.500 km rodados e o tanque abastecido com etanol até a boca. Em comparação com o Ka de cor preta que testamos no lançamento, a unidade de agora não apresenta o mesmo esmero na construção. A tampa traseira está ligeiramente "fora de esquadro", e requer certa força para ser fechada. Aparenta ser uma falha pontual de um modelo pré-série, mas vale ficar de olho quando o Ka chegar às revendas, a partir da segunda quinzena de setembro.
Garagem CARPLACE #1: novo Ford Ka já está entre nós
Fora este detalhe, a convivência com o novo Ford tem confirmado as primeiras impressões que tivemos do modelo. O hatch é confortável, bom de dirigir, econômico e anda bem. Para quem está acostumado com o New Fiesta (tenho um na família), é interessante observar as semelhanças e diferenças entre eles. O Ka tem uma posição de dirigir mais elevada (sem chegar a ser Onix ou Fox), quadro de instrumentos mais simples e cabine significativamente mais ampla. Além do teto elevado, o banco traseiro fica mais para trás, aumentando a liberdade de movimentos. Em compensação, o porta-malas foi reduzido para 257 litros. É pequeno, mas gostei do acabamento com "parede" de plástico e os ganchinhos. Já foram úteis para prender as sacolas de supermercado.
Garagem CARPLACE #1: novo Ford Ka já está entre nós
Em movimento, o Ka é mais macio que o Fiesta (ambos com rodas aro 15") e não bate o bico nas valetas, devido à altura mais elevada da suspensão. Nas curvas, não é tão afiado quanto o irmão, mas tem estabilidade de sobra até para mais motor (aguardamos o hatch 1.5). Os pneus largos (195/55) oferecem aderência além da necessária para um carro 1.0, ajudando também nas frenagens. Outro ponto positivo vai para o peso da embreagem, bastante leve - boa notícia para quem passa o dia no trânsito. A direção elétrica é bem parecida com a do Fiesta, leve e rápida nas manobras, mas a visibilidade é melhor no novato: além de maior área envidraçada, tem retrovisores mais amplos e de lentes convexas - planas no Fiesta.
Garagem CARPLACE #1: novo Ford Ka já está entre nós
O motor 1.0 3C com duplo comando variável é destaque. Como típico multiválvulas, seu melhor rendimento surge acima das 3 mil rpm, mas abaixo disso também não há motivo para queixas. Acelerando com mais vontade, nem parece 1.0: os 85 cv de potência e, principalmente, os 10,7 kgfm de torque deixam a condução quase tão agradável quanto alguns hatches com propulsor 1.4. Já a vibração típica desta configuração foi bem contida pela Ford com uso de um volante do motor com peso extra (para contrabalançar a vibração do propulsor), mas, com a convivência, percebemos que ela se faz sentir na fase fria do motor. Usando etanol, o carro deu a primeira partida do dia tranquilamente mesmo após noites frias (ele traz o sistema Easy Start de aquecimento do combustível em vez do tanque auxiliar de gasolina), mas mostrou funcionamento um pouco irregular até aquecer. Na partidas seguintes, o sintoma não apareceu.
Garagem CARPLACE #1: novo Ford Ka já está entre nós
Particularmente acho que já "passei da fase" de ter um 1.0, mas, se for um desses novos (e tecnológicos) blocos de três cilindros com cabeçote multiválvulas e comando variável, eu teria tranquilamente - falo de HB20, up! e Fox Bluemotion. O Ka não foge à regra: é ágil nas saídas, não teme ladeiras e nem decepciona na estrada - desde que você trabalhe o câmbio, pois a quinta marcha é longa, para consumo. Comodidade bem-vinda numa cidade de altos e baixos como São Paulo é o assistente de partida em rampa, que segura o freio por alguns segundos na ladeira enquanto você solta a embreagem e acelera. Outro recurso que já deu as caras foi o controle de estabilidade, que entrou em ação numa alça de estrada feita com mais vontade. O sistema atuou bem, com uma intervenção discreta e eficiente.
Garagem CARPLACE #1: novo Ford Ka já está entre nós
Agora estamos perto de esgotar o primeiro tanque de etanol para fazer as medições de consumo de gasolina. Por enquanto, o Ka está fazendo média de 10,4 km/l com o combustível vegetal, alternando entre trechos urbanos e rodoviários. Texto e fotos: Daniel Messeder

Fotos: novo Ford Ka 1.0 SEL 2015

Seja parte de algo grande