Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história

Quem vê o atual Uno Sporting com modestos 88 cv gerados por um motor 1.4 8V nem pode imaginar que o carrinho já teve um passado de glórias esportivas. Nos anos 1980, o Uno acelerava forte no Campeonato Brasileiro de Marcas, chegando às ruas nas versões 1.5R e, posteriormente, 1.6R - ambas com a inesquecível tampa traseira preta, independentemente da cor da carroceria. O Uno mais invocado da história, no entanto, chegaria em 1994: era o Turbo i.e., pioneiro entre os carros turbinados fabricados no Brasil.
Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história
O esportivo era equipado com um motor 1.4 (1.372 cm³) importado da Itália, que trabalhava com 0,8 bar de pressão no turbo para entregar 118 cv de potência e torque máximo de 17,5 kgfm. Graças também ao peso de apenas 975 kg, o Uno Turbo acelerava de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos e alcançava velocidade máxima de 195 km/h. Na época, o hatch da Fiat estava no alto do pódio dos carros nacionais mais rápidos, desbancando ninguém menos que Gol GTi, Kadett GSi e Escort XR3 tanto em aceleração quanto em velocidade máxima - praticamente empatando com o Corsa GSi 1.6 16V.
Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história
Para acompanhar o motor mais forte, a Fiat fez algumas alterações exclusivas para o modelo. Ele tinha altura de rodagem mais baixa (10 mm), radiador de óleo, discos de freios maiores e suspensão recalibrada, trazendo amortecedores com maior carga e barra estabilizadora na traseira. Tudo somado, favorecia bastante o comportamento dinâmico do hatch.
Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história
Apesar do sangue italiano, o nosso Uno Turbo ganhou visual ligeiramente diferente do modelo europeu. Era muito mais chamativo com para-choques mais destacados, saia lateral e molduras de para-lamas exclusivos, além das rodas de liga-leve aro 14". Os cubos de freio eram do Tempra, que por sua vez também ganharia versão turbo meses depois.
Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história
A cabine acompanhava o pique esportivo: trazia volante de três raios, bancos esportivos envolventes e painel de instrumentos completo, com velocímetro que marcava até 240 km/h e manômetros do óleo, do turbo e termômetro de óleo.
Carro de imagem da Fiat na época, se tonou referência de esportivo e objeto de desejo entre o público jovem. Um fato interessante foi a Fiat ter oferecido um curso de pilotagem para os primeiros proprietários do modelo.
Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história
Apesar de pioneiro, o Uno Turbo teve vida curta e ficou no mercado até 1996, após somente 1.081 unidades produzidas. Ele deixou sua marca ao ser o primeiro turbinado de série do Brasil, e logo com um pequeno motor 1.4. Ou seja, antecipou sem querer a atual era do downsizing. Depois dele, o Uno nunca mais teria uma versão esportiva de verdade.

Seja parte de algo grande

Carros para sempre: pioneiro Uno Turbo já tem 20 anos de história

Foto de: Julio Cesar