Rio também será produzido na nova fábrica da Kia no México

A fábrica de automóveis bilionária que a Kia planeja inaugurar no México em 2016 também será responsável pela produção de modelos de porte compacto. Fruto de um investimento de aproximadamente 1 bilhão de dólares (algo em torno de R$ 2,25 bilhões na cotação atual) a unidade será responsável pela produção do Cerato (conhecido na América do Norte como Forte) e do compacto Rio, que até então não havia sido citado. O Sportage também sairá das mesmas linhas de montagem, mas em uma segunda etapa.
Rio também será produzido na nova fábrica da Kia no México
A planta, com inauguração prevista para 2016, produzirá anualmente 300 mil unidades e terá a missão de abastecer todo o continente americano - Estados Unidos e Mercosul especialmente. A cidade de Monterrey, capital do estado de Nuevo León, no nordeste do país, foi escolhida para sediar o complexo. Atualmente, as operações fabris da Kia na América se concentram nos EUA (onde são produzidos os modelos Optima e Sorento) e no Uruguai (onde o caminhão Bongo é montado em regime de CKD).
Rio também será produzido na nova fábrica da Kia no México

Reflexos do Brasil

A escolha da Kia pelo México, além da proximidade com os EUA, foi favorecida pelo fato de o país manter acordos de livre comércio com nações de praticamente todos os continentes. O Brasil está entre os países parceiros e deve receber, inclusive, os modelos mexicanos, porém sem alterações nos preços. Como a montadora sul-coreana não mantém atividades fabris por aqui, os altíssimos impostos de importação não deixarão de ser cobrados.

Seja parte de algo grande

Rio também será produzido na nova fábrica da Kia no México

Foto de: Dyogo Fagundes