G63 Brabus 700, o SUV mais potente do mercado, chega por R$ 1,45 milhão

Poucas semanas após a chegada do G63 Brabus 620, a Strasse, importadora oficial da Brabus Germany, especialista em preparação de modelos Mercedes, traz ao país o SUV mais potente oferecido por aqui: o G63 Brabus 700, que chega no início de 2015 com preço inicial de US$ 565 mil, algo em torno de R$ 1,45 milhão, numa conversão direta. Nesta versão ainda mais brutal, o SUV está equipado com um motor V8 biturbo de 710 cv e 97,8 kgfm de torque e vai de 0 a 100km/h em 4,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 230Km/h.
G63 Brabus 700, o SUV mais potente do mercado, chega por R$ 1,45 milhão
Vem de série com suspensão regulável, rodas 21" forjadas e mais resistentes, pneus mais largos e de perfil mais baixo, sistema de exaustão valve-controled, que faz com que ao toque de um botão seja possível abrir ou fechar válvulas internas no duto do escapamento, deixando o ronco do motor mais esportivo ou mais discreto. Spoiler dianteiro com LED's, saia traseira e plataforma lateral Brabus completam o visual do exterior. No interior, há detalhes como pinos de porta personalizados, pedais de alumínio, soleiras iluminadas, tapetes e paddle shifts Brabus Race. Além de quase todos os opcionais disponíveis já estarem inclusos no modelo, ainda é possível optar por rodas aro 22 ou 23 e detalhes de interior.
G63 Brabus 700, o SUV mais potente do mercado, chega por R$ 1,45 milhão
Apesar do visual invocado, o que mais chama a atenção está sob o capô: imediatamente ficam visíveis os dutos banhados a ouro no motor e a capa preta. O ouro, utilizado pela Mc Laren no F1 do inicio da década de 90, e hoje em linha somente pela Brabus em seus motores, não é mera extravagância. Apesar de seu altíssimo custo, nenhum outro material dissipa melhor o calor.
G63 Brabus 700, o SUV mais potente do mercado, chega por R$ 1,45 milhão
O primeiro modelo a circular por aqui, com entrega prevista para o começo de 2015 é preto. Todos componentes são manufaturados em OEM Quality, enquanto os motores têm garantia de dois anos ou 100.000 km. Clientes que já tenham um Mercedes de até 12 meses também pode levar para a Brabus fazer conversão.

Seja parte de algo grande