Galeria: Chery Tiggo ganha beleza e novos equipamentos

Quando foi lançado, em 2006, o Chery Tiggo foi criticado pela forte semelhança com o Toyota RAV4. Anos depois, com o primeiro facelift, o SUV já começava a ganhar personalidade e agora a marca chinesa novamente aplica um tapa no visual do seu utilitário compacto. O modelo foi apresentado ao vivo no último Salão de Pequim, onde ficaram evidentes as atualizações na dianteira com novo para-choque de desenho mais agressivo e com LED's diurnos integrados e conjunto grade + faróis (agora elipsoidais) totalmente redesenhado e bem mais atraente. Na lateral, as belas rodas de liga leve redesenhadas são o destaque.
Galeria: Chery Tiggo ganha beleza e novos equipamentos
Na traseira, novo para-choque, lanternas e luzes de neblina atualizadas e novo suporte do estepe completam as novidades. Embora tenha mantido as linhas de design interior, o Chery Tiggo3 ganhou um novo volante multifuncional, sistema de entretenimento integrado e novos comandos do ar condicionado automático. Além disso, a marca afirma que o isolamento acústico foi aprimorado.
Galeria: Chery Tiggo ganha beleza e novos equipamentos
Posicionado abaixo do recém-lançado Tiggo5 e diferente do modelo vendido por aqui, a versão chinesa é equipada com motor 1.6 de 126 cv associado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático do tipo CVT. No Brasil Desde o início da construção da fábrica brasileira da Chery em Jacareí (SP), fala-se na possibilidade da produção nacional do Tiggo. Embora ainda não seja oficial, o utilitário deve sim ser feito em solo nacional, mas não por enquanto. Inicialmente, a Chery está focada na produção nos modelos QQ e Celer, que começam a chegar a partir do segundo semestre deste ano.

Galeria: Chery Tiggo3

Seja parte de algo grande