Moto 1000 GP: queda no fim tira André Verissimo do pódio na 1ª etapa

Não pode se dizer que faltou emoção para André Verissimo, piloto CARPLACE, na primeira etapa da Moto 1000 GP realizada no último fim-de-semana em Santa Cruz do Sul (RS). Competindo na categoria GP 600, o campeão de 2012 chegou a brigar pela segunda posição, mas uma queda no fim da prova o tirou do pódio. De casa nova, Verissimo compete este ano pela MG Bikes Yamaha Racing, equipe oficial da marca japonesa onde pilota uma YZF-R6. No ano passado, sua companheira de pistas era uma Kawasaki ZX6R.
Moto 1000 GP: queda no fim tira André Verissimo do pódio na 1ª etapa
De acordo com o piloto, a "Yamaha tem a ciclística muito melhor que a Kawasaki", principalmente para esterçar e deitar. A grande diferença entre as duas está na faixa de potência, que parece colocar a Kawasaki em vantagem. "O motor da Yamaha é mais agressivo, pois entrega a potência máxima entre 13.000 e 16.000 rpm". Na ZX6R, essa faixa começa a ser entregue às 10.000 rpm e permanece até as 15.000 rpm.
Moto 1000 GP: queda no fim tira André Verissimo do pódio na 1ª etapa
André Verissimo - MotoGP 600 A corrida A primeira etapa foi amplamente dominada pelo uruguaio Maximiliano Gerardo, companheiro de André na Yamaha Racing. Gerardo liderou todos os treinos, largou na pole e completou a prova na primeira colocação, com 23min27s539. Verissimo largou em quarto. Nas voltas seguintes caiu para sétimo, mas conseguiu se recuperar e estava brigando pela segunda posição. A apenas duas voltas da bandeira final, ainda na terceira colocação e sob forte chuva, acabou sofrendo uma queda. Naquele momento, pensou que sua moto havia sido muito danificada e chegou a tirar o capacete, mas logo percebeu que era possível retornar. Assim, conseguiu ainda concluir a prova na nona posição. O resultado da 1ª Etapa na categoria GP 600 foi o seguinte: 1º) Maximiliano Gerardo (URU/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, com 23min27s539 2º) Joelsu da Silva (PR/Kawasaki), Paulinho Superbikes, a 3s094 3º) Pedro Sampaio (RS/Kawasaki), Fábio Loko, a 23s039 4º) Matheus Oliveira (SP/Kawasaki), Sany-Carsystem-M2B Racing, a 1min21s111 5º) Paulinho Kamba (PE/Honda), HPN Racing Team, a 1min24s665 6º) Marciano Santin (RS/Kawasaki), Santin Racing, a 1 volta 7º) Thiago Fonseca (PE/Kawasaki), HPN Racing Team, a 1 volta 8º) Sérgio Laurentys (SP/Kawasaki), Sany-Carsystem-M2B Racing, a 1 volta 9º) André Veríssimo (SP/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, a 1 volta 10º) Tercius Ulisses Dalmass (SC/Kawasaki), Formaquinas Racing, a 1 volta 11º) Alex Pires (RJ/Honda), Center Moto Racing Team, a 1 volta 12º) Marcelo Dias (BA/Honda), Aclat Racing, a 2 voltas 13º) Antonio Télvio (RJ/Kawasaki), Team de Grandi, a 2 volta 14º) Marcus Trota (SP/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, a 4 voltas 15º) Walteny Amaral (RJ/Kawasaki), a 5 voltas Melhor volta: Gerardo, na 12ª, 1min37s599, média de 130,243 km/h Classificação da MotoGP 600 após a 1ª etapa 1º) Gerardo, 27; 2º) Silva, 20; 3º) Sampaio, 17; 4º) Oliveira, 13; 5º) Kamba, 11; 6º) Santin, 10; 7º) Fonseca, 9; 8º) Laurentys, 8; 9º) Veríssimo, 7; 10º) Dalmass, 6; 11º) Pires, 5; 12º) Dias, 4; 13º) Télvio, 3; 14º) Trota, 2; 15º) Amaral, 1.

Galeria de fotos: André Verissimo - MG Bikes Yamaha Racing Team

Fotos: Gilmar Rose

Seja parte de algo grande