VW promete mais autonomia a Brasil e EUA para conter queda nas vendas

A Volkswagen não deve demorar para colocar em prática um plano de descentralização das operações. Em entrevista recente concedida à agência Reuters, Bernd Osterloh, membro de um dos conselhos da empresa, afirmou que o objetivo é garantir mais autonomia a mercados-chave e tentar frear a queda na vendas registradas especialmente no Brasil e nos Estados Unidos. "Uma empresa do nosso porte não pode concentrar todas as decisões na Alemanha", disse.
VW promete mais autonomia a Brasil e EUA para conter queda nas vendas
Conforme explica Osterloh, mercados expressivos e lucrativos como o brasileiro e o norte-americano não podem registrar resultados negativos. Por aqui, a retração das vendas da marca nos primeiros 10 meses do ano foi de 13,7%, enquanto nos EUA o recuo chegou a 12,2%. Diante da situação, medidas administrativas já começam a ser tomadas: a América do Norte ganhará um inédito centro de planejamento, ao passo que a filial do Brasil ganhou um novo presidente. Novas ações são prometidas para breve.

Seja parte de algo grande