Ford planeja adotar câmbio CVT como recurso para aumentar eficiência

Uma das poucas grandes montadoras a não adotar de forma abrangente a transmissão CVT, a Ford pode em breve voltar atrás nas decisões e passar a usar o câmbio continuamente variável em um número maior de veículos. Atualmente restrita a modelos híbridos, como o Fusion Hybrid, a caixa vem sendo cotada por alguns executivos como alternativa para aumentar a eficiência energética de alguns motores.
Ford planeja adotar câmbio CVT como recurso para aumentar eficiência
Em entrevista concedida à agência Automotive News, Raj Nair, chefão da área de desenvolvimento da Ford, reconheceu que experiências passadas com o CVT não foram tão empolgantes, mas que as novas gerações do componente estão bem melhores. "Estamos tomando um novo olhar sobre esses câmbios, especialmente na aplicação em motores de baixo torque", disse o executivo.
Ford planeja adotar câmbio CVT como recurso para aumentar eficiência
A expectativa é que a marca adote a transmissão no Fiesta 1.0 EcoBoost, que tem alcançado relativo sucesso nos Estados Unidos, por exemplo, mas está disponível unicamente com câmbio manual - uma falha e tanto, tendo em vista o apetite dos norte-americanos por caixas automáticas.

Seja parte de algo grande

Ford planeja adotar câmbio CVT como recurso para aumentar eficiência

Foto de: Dyogo Fagundes