Tolerância zero: ler mensagens de texto ao volante pode render até prisão na Irlanda

O governo da Irlanda instituiu nesta semana leis mais rígidas para motoristas que cometerem infrações consideradas leves. Conforme aponta a imprensa local, condutores que forem flagrados lendo mensagens de textos enquanto dirigem serão multados em mil euros e obrigados a se explicar juridicamente. Os reincidentes, por sua vez, não serão aliviados. O motorista pego lendo mensagens pela segunda vez terá de arcar com multa de 2 mil euros e, dependendo do caso, poderá pegar até três anos de prisão.
Tolerância zero: ler mensagens de texto ao volante pode render até prisão na Irlanda
A leis mais rígidas são aplicadas também no caso de motoristas flagrados usando o viva-voz do telefone. A legislação só não pune o uso de sistemas de ativação de voz, como Bluetooth. Conor Faughnan, diretor da Associação do Automóvel da Irlanda, disse que as novas regras estão entre as mais rígidas da Europa e visam, especialmente, garantir a segurança no trânsito seja para motoristas seja para pedestres.

Seja parte de algo grande