Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente

A Volvo entra em uma nova era em termos de eficiência. A marca sueca abandona os propulsores de origem Ford e lança no mercado o novo motor T5 Drive-E. Projetado do zero, o conjunto propulsor é menor, mais potente e mais econômico. Acompanhando a renovação do powertrain está o novo câmbio automático de oito marchas, fornecido pela ZF. Mas será que este quatro cilindros turbo agradará os consumidores da Volvo? CARPLACE dirigiu o utilitário XC60 2015, que além do novo conjunto, traz uma série de tecnologias que beneficiam o desempenho e o consumo. Confira as impressões.
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
O que é? A linha 2015 do XC60 chega sem alterações visuais. Internamente mantém o mesmo padrão de acabamento, sóbrio, com materiais de excelente qualidade e encaixes precisos. Perfeita ergonomia e ótima visibilidade também chamam a atenção.
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
O que interessa mesmo está debaixo do capô. De concepção compacta e moderna, o novo 2.0 é dotado de injeção direta de combustível e turbo. Gera 245 cv a 5.500 rpm, mas entrega mais de 80% da potência a 4.500 rpm. O torque também melhorou, passando a 35,7 kgfm disponíveis entre 1.500 e 4.800 rpm. Pensado de forma modular, este motor também será utilizado em outras configurações, como uma outra opção a gasolina com turbo e compressor para entregar 306 cv, ou ainda uma versão a diesel rendendo 181 cv. Para isso, a Volvo usará o mesmo bloco, virabrequim, cárter, bomba de óleo e agregados, o que no fim das contas reduz os custos.
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
Casado ao motor Drive-E está a nova caixa automática de oito velocidades. Além de contribuir na economia de consumo, também oferece melhor desempenho do que a anterior automatizada Powershift de dupla embreagem. Também conta com novo controle de tração otimizado, que segundo a Volvo melhora a aceleração ao permitir um leve destracionamento na arrancada. Outro recurso inédito na marca é o sistema de controle de largada. Como a palavra de ordem agora é eficiência, também passa a integrar a lista de equipamentos o sistema Stop-Start (que desliga o motor quando o carro para e liga ao pisar no acelerador) e a função Eco+, que otimiza as trocas de marcha e as respostas do acelerador. Há também o modo Eco-Coast, responsável por aproveitar a energia cinética desacoplando o freio-motor e o câmbio, ou em termos mais populares, fazendo a função de uma "banguela" moderna.
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
Como anda? O novo conjunto mecânico T5 é 23 kg mais leve do que anterior. O reflexo disso, aliado à entrega do torque a apenas 1.500 rpm, deixaram o XC60 bem esperto. Avaliamos o SUV por cerca de 100 km, sendo 70% rodoviário. De início, chama a atenção a suavidade de giro do motor e o baixo nível de ruído. Ao pisar no acelerador, a resposta é ágil, o que agrada por se tratar de um utilitário-esportivo que pesa mais de 1.800 kg. 
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
A Volvo divulga que a aceleração de 0 a 100 km/h agora é feita em apenas 7,2 segundos, contra os 8,1 segundos do modelo anterior. Para se ter ideia do que representa este desempenho, a versão T6, equipada com o motor 3.0 seis cilindros turbo de 304 cv, cumpre a mesma tarefa em 6,9 segundos, uma diferença de apenas 0,3 segundos. O câmbio de oito marchas faz as trocas de forma imperceptível. Também é possível optar pelo modo de condução esportivo deslocando a manopla para a posição "S" e, assim, efetuar as trocas manualmente. Os comandos são atendidos prontamente, sem nenhum atraso. Falta, no entanto, os paddle-shifts no volante para uma condução mais divertida. Mas como trata-se de um carro mais "familiar", esta ausência não compromete o conjunto.
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
Na estrada, foi possível testar o Eco-Coast (a banguela). Com velocidade constante em 120 km/h e um bom trecho plano, basta deixar acionada a tecla Eco+ e tirar o pé do acelerador. O câmbio desacopla e o motor fica em marcha lenta, caindo para meras 1.000 rpm. É exatamente o mesmo funcionamento da função "Roda Livre" presente nos modelos da Audi e Volkswagen. Ao retomar a aceleração, o câmbio é acoplado instantaneamente e o giro volta ao patamar normal, que nesta velocidade fica em torno das 2.000 rpm. No trecho percorrido, foi possível anotar consumo de 11,7 km/l na rodovia utilizando o modo Eco+ ativo e o ar-condicionado grande parte do tempo. Na cidade, rodamos em via expressas com trânsito moderado, o que permitiu extrair bons 8,9 km/l de consumo. Os números ficaram bem próximos dos divulgados pela Volvo, que são 8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada. Quanto custa? Agora, além de ser reconhecido com um carro seguro, o XC60 passa a ter um motor de última geração com injeção direta, câmbio de oito marchas, sistema start-stop e as funções Eco+ e Eco-Coast. Sem dúvida, são fortes atributos para disputar o concorrido segmento de crossovers premium, que inclui concorrentes de peso como Evoque, Audi Q3 e BMW X3.
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
A versão de entrada é a XC60 T5 Drive-E Dynamic, que custa R$ 162.950. Com tração dianteira, tem como principais itens ar digital dual zone, airbags frontais e laterais, City Safety, cortinas infláveis, freios ABS com EBA, vidro frontal laminado, sistema de áudio com 8 alto-falantes com bluetooth/USB/iPod com tela de 7 polegadas, bancos de couro, ajuste elétrico para motorista e passageiro, painel digital personalizável (Elegance, Eco, Performance), piloto automático, sensores de chuva e de faróis, faróis de xenônio e rodas de alumínio aro 18".
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
Um pouco mais arrojado, o XC60 T5 Drive-E R-Design entrega, por R$ 193.950, sistema de áudio de alta performance multimídia com conexão Bluetooth com audio streaming, display de 7 polegadas com leitor de DVD e sistema de navegação por GPS. Os bancos são esportivos da linha R-Design, assim como os detalhes de alumínio na cabine, tapetes, pedais e volante. Também recebe teto-solar elétrico, abertura e fechamento elétrico do porta-malas (automático), câmera traseira e rodas de alumínio Cratus aro 20".
Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente
A linha XC60 T6, equipada com o motor 3.0 Turbo de 304 cv, segue sem alterações na lista de equipamentos. É oferecida por R$ 224.950 na versão Top e por R$ 249.950 na T6 R-Design. Já o restante da gama 60 é a seguinte (sendo os T5 com o novo motor 2.0 turbo): S60 T5 Drive-E R-Design (R$ 157.950), S60 T6 R-Design (R$ 205.950), V60 T5 Drive-E R-Design (R$ 162.950) e V60 T6 R-Design (R$ 209.950). Resta agora o hatch V40 se beneficiar do novo propulsor. Por Fábio Trindade, do Rio de Janeiro (RJ) Fotos Mario Villaescusa/Divulgação Viagem a convite da Volvo Ficha Técnica: Volvo XC60 T5 Drive-E Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros, 16 válvulas, 1.969 cm³, injeção direta, turbo, gasolina; Potência: 245 cv a 5.500 rpm; Torque: 35,69 kgfm entre 1500-4.800 rpm; Transmissão: automática Geartronic de oito marchas, tração dianteira; Direção: hidráulica; Suspensão: independente McPherson na dianteira e independente com braços múltiplos, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos na traseira; Freios: discos ventilados na dianteira e traseira, com ABS e EBD; Rodas: aro 18″ e pneus 236/60 R18; Peso: 1.833 kg; Capacidade de carga: porta-amals 490 litros,  tanque 70 litros; Dimensões: comprimento 4.644 mm, largura 1.891 mm, altura 1.713 mm, entre-eixos 2.774 mm

Galeria de fotos: Volvo XC60 T5 Drive-E

Seja parte de algo grande

Volta Rápida: agora com coração Volvo, XC60 T5 Drive-E está mais eficiente

Foto de: Fábio Trindade