Jeep é obrigada a trocar motor de Cherokee usado em teste de longa duração

Um teste de longa duração realizado pelos jornalistas do portal norte-americano Cars.com acabou não sendo tão positivo quanto o esperado para a nova geração do Jeep Cherokee. Conforme relata a publicação, durante a avaliação o motor do modelo apresentou sérios problemas de vazamento e teve de ser imediatamente substituído. O propulsor, um bloco 2.4 a gasolina, tinha aproximadamente 21 mil quilômetros rodados e foi trocado sem nenhum custo, como prevê a garantia de fábrica.
Jeep é obrigada a trocar motor de Cherokee usado em teste de longa duração
Segundo informado, o motor 2.4 (responsável por equipar 40% dos Cherokee vendidos nos EUA) apresentou falhas de funcionamento e constantes perdas de potência. Ao examinar detalhadamente o bloco, mecânicos da marca identificaram um considerável vazamento de óleo que comprometeu todo o sistema de admissão, mangueiras, cárter e sensor MAP. Não houve recuperação para o problema e a solução foi realizar a substituição completa do propulsor.
Jeep é obrigada a trocar motor de Cherokee usado em teste de longa duração
A Jeep afirma que abriu investigação para averiguar se o problema foi pontual ou se eventualmente pode afetar outros modelos. Caso haja necessidade, será acionado um recall.

Seja parte de algo grande