Salão de Paris: derivada do Focus, Ford C-Max ganha cara nova

A Ford segue firme apostando na renovação de sua linha de minivans para a Europa. Depois de apresentar a nova geração da S-Max, derivada do Fusion, a marca revela agora a reestilização da C-Max, que usa a mesma plataforma do Focus. Com estreia pública marcada para os próximos dias, durante o Salão de Paris, o monovolume incorpora novidades especialmente no conjunto frontal e na cabine. As vendas no mercado europeu serão iniciadas nos próximos meses.
Salão de Paris: derivada do Focus, Ford C-Max ganha cara nova
Visualmente, a C-Max 2015 sofre as mesmas mudanças promovidas nos últimos lançamentos da Ford. A dianteira traz a característica grade inspirada no design da Aston Martin, acompanhada de faróis redesenhados (incluindo luzes diurnas de LED) e para-choque remodelado. A traseira passa a contar com linhas mais limpas, lanternas menores e para-choque ligeiramente revisto. Completam as novidades uma paleta de cores atualizada e novos desenhos para rodas e calotas.
Salão de Paris: derivada do Focus, Ford C-Max ganha cara nova
Na cabine, a minivan ganhou sistema multimídia SYNC atualizado (a versão é a mesma que estreou no Focus reestilizado, incluindo a tela de oito polegadas), melhorias na qualidade do acabamento, reforço no isolamento acústico e melhoras no sistema de fixação de carga no porta-malas. A Ford diz ainda que a adoção do novo sistema de entretenimento reduziu o número de botões à vista e tornou o uso das funções mais prático e intuitivo.
Salão de Paris: derivada do Focus, Ford C-Max ganha cara nova
Mecanicamente, a nova C-Max estará disponível com uma gama ampla de motores a diesel a e gasolina. Entre eles, destaque para um 1.5 TDCi de 120 cv e um 2.0 também TDCi de 140 ou 163 cv. Haverá ainda os representantes da linha EcoBoost, ou seja, um 1.0 de 100 ou 125 cv e um 1.5 de 150 ou 180 cv.

Seja parte de algo grande

Salão de Paris: derivada do Focus, Ford C-Max ganha cara nova

Foto de: Dyogo Fagundes