Pé no freio: Hyundai e Kia reduzem previsões de crescimento para 2015

Apesar dos resultados positivos alcançados em 2014 (cujos números finais serão divulgados em breve), Hyundai e Kia acenderam o alerta e reduziram as previsões de crescimento para este ano. Em entrevista concedida ao portal The Detroit News, Chung Mong-koo, presidente do conglomerado, afirmou que a meta agora é crescer apenas 2,5% e não mais 4% como ocorrido consecutivamente em 2013 e 2014. Se as expectativas de confirmarem, será o mais baixo índice de crescimento da companhia em uma década.
Pé no freio: Hyundai e Kia reduzem previsões de crescimento para 2015
Entre os principais motivos para a revisão da meta está a forte concorrência japonesa. Com o iene fraco, as rivais de origem nipônica se sobressaem do ponto de vista das exportações e acabam sendo mais competitivas. Além disso, a conjuntura do próprio mercado da Coreia do Sul (tradicionalmente dominado por marcas locais) vem mudando e abrindo cada vez mais espaço para as concorrentes estrangeiras. Redução de custos e maior compartilhamento de tecnologias também estão entre as novas prioridades.

Seja parte de algo grande