Volkswagen demite 800 em São Bernardo e funcionários entram em greve

Na manhã desta terça-feira (6), na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) a Volkswagen do Brasil anunciou a demissão de 800 funcionários que voltavam de uma licença remunerada de 30 dias. Motivados pelas demissões, os funcionários da fábrica Anchieta decidiram em assembleia nesta manhã entrar em greve por tempo indeterminado. Os funcionários demitidos foram informados por carta recebida no fim mês passado que solicitava a apresentação dos mesmos ao departamento de RH nesta terça. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a empresa descumpriu o acordo firmado em 2012, que previa estabilidade até 2016.
Volkswagen demite 800 em São Bernardo e funcionários entram em greve
Em nota, a Volkswagen confirmou as 800 demissões e sinalizou que poderá voltar a demitir. Tudo motivado pelo atual cenário econômico. "Visando estabelecer condições para um futuro sólido e sustentável para a Unidade Anchieta, tendo como base o cenário de mercado e os desafios de competitividade, a Volkswagen do Brasil anuncia que haverá o desligamento de 800 empregados em sua fábrica no ABC paulista”. E continua: “Continua urgente a necessidade de adequação de efetivo e otimização de custos para melhorar as condições de competitividade da Anchieta, motivo pelo qual a empresa inicia a sua primeira etapa de adequação de efetivo.”

Seja parte de algo grande

Volkswagen demite 800 em São Bernardo e funcionários entram em greve

Foto de: Redação