Nissan vai usar cota do March mexicano para aumentar volume do Sentra

Com o lançamento do New March nacional, fabricado na nova fábrica de Resende (RJ), a Nissan vai aproveitar a cota de importação deixada pela versão mexicana do hatch para aumentar o volume do Sentra (também trazido do México). Em conversa com a reportagem do CARPLACE, o diretor de marketing Murilo Moreno disse que a marca se surpreendeu com o sucesso da nova geração do sedã médio e vai apostar mais forte no modelo. Vale lembrar que o Sentra alcançou a terceira colocação nas vendas de sedãs médios em abril, só ficando atrás da dupla Civic e Corolla.
Nissan vai usar cota do March mexicano para aumentar volume do Sentra
O March mexicano não vai sair de cena totalmente, mas, pelo que apuramos, será mantido em pequeno volume apenas nas versões 1.0 mais básicas, abaixo do New March 1.0 Conforto, de R$ 32.990. Pode ser até que a Nissan reposicione o hatch vindo do México, que manterá o visual antigo, para brigar com Fiat Palio Fire e VW up!. Mas a marca não deu muitos detalhes sobre a operação. "Ainda temos March 2014/2014 nas revendas, só falaremos dele quando chegar a linha 2015 da versão mexicana", adiantou Moreno.
Nissan vai usar cota do March mexicano para aumentar volume do Sentra
No mês passado, o Sentra teve seu melhor resultado comercial desde que chegou ao Brasil, em 2007, emplacando 1.481 unidades. Oferecido nas versões S manual e SV e SL automáticas (sempre com motor 2.0 16V flex), o modelo aposta na relação custo-benefício com preços que variam de R$ 63.690 até R$ 75.490.

Seja parte de algo grande