Segundo mais vendido da Europa, Fiesta também tem produção interrompida

Depois da Fiat, a Ford é a mais nova grande montadora a anunciar alterações no ritmo de produção na Europa. Conforme explica a marca, a fabricação do compacto Fiesta na fábrica alemã de Colônia será interrompida durante 11 dias nos meses de outubro e novembro. Assim como no caso da Fiat com o Panda, a medida foi motivada por conta das vendas em queda em alguns países do continente e tem como finalidade regular o nível dos estoques.
Segundo mais vendido da Europa, Fiesta também tem produção interrompida
Apesar do o Fiesta ser o segundo modelo mais vendido da Europa (atras apenas do VW Golf), a Ford se diz temerosa em relação ao desempenho comercial da alguns países do continente. Alemanha, França e Itália, três dos cincos maiores mercados da região, amargam vendas em queda nos últimos meses. A paralisação na produção afetará cerca de 4 mil funcionários, que serão incluídos em um plano de ajuda já acordado entre a marca e o governo alemão.

Seja parte de algo grande